Mentiras sobre Estado, Liberdade e Democracia

Mentiras sobre Estado Liberdade e Democracia
Mentiras sobre Estado Liberdade e Democracia


Antes da Domesticação Europeia esses termos tinham significados mais inclusivos no mundo Amerindio:

Estado como bem de todos em benefício de cada um.

Liberdade de Vir, Ficar, Ir, Ser e Desobedecer.

A democracia é um sistema de organização social e política baseado na participação coletiva, no consenso e na interdependência entre indivíduos e comunidade. Valoriza a voz e as experiências de cada membro, integrando-as no processo de tomada de decisão para garantir o bem-estar coletivo e o respeito pela natureza.

A individualidade é vista não como um isolamento do coletivo, mas como uma parte integral da teia de relações que compõem a comunidade. O respeito pela singularidade de cada pessoa é acompanhado de um forte senso de responsabilidade coletiva.

Isso foi antes de 1500 mas continua em memórias ou espíritos entre os menos domesticados.

Os conceitos europeus têm uma história complexa e muitas vezes problemática. Inicialmente excluem a maioria das pessoas com base em gênero, raça, classe e outros fatores.

Inicialmente, na Grécia Antiga, considerada o berço da democracia, o conceito de cidadania era restrito. "Cidadão" referia-se tipicamente a homens adultos livres que possuíam propriedades. Mulheres, escravos, estrangeiros e outros grupos não possuíam direitos políticos e eram excluídos da participação na vida política e nas decisões da cidade-estado (polis).

Mas evoluímos com as lutas sociais rumo a ampliação da inclusão e equidade.

A defensoria pública foi e é fundamental para minimizar as distorções do Estado que naturalmente defende os interesses de seu criador, às classes privilegiadas da época em que o estado foi criado.

A Defensoria Pública atua como um contrapeso às tendências naturais do Estado de defender os interesses de seus criadores e dos grupos historicamente privilegiados. Ela representa uma tentativa de democratizar o acesso à justiça e de garantir que o Estado cumpra seu papel de promover o bem-estar de todos os cidadãos, não apenas de uma elite.

Mas sabemos que o estado continua na mão dos interesses econômicos e financeiros que usam a própria estrutura do estado para benefício próprio, pois depois de determinadas cifras de capital financeiro o estado fica refém desses interesses.

Quando o capital de uma pessoa ou empresa ou coletivos supera 30% do capital de um município, o estado deverá estar presente com normas e regras para que o município não seja refém. Se o capital for igual ou superior ao do município o poder federal deverá estar normatizando e monitorando: estabelecer limites para a influência econômica no governo local e de requerer intervenção estadual ou federal quando esses limites são excedidos é uma abordagem proativa para salvaguardar a democracia e a justiça social.

Percepção como Mudanças de Memórias - Um novo conceito

Imagine você perto e entrando na mata atlântica todas as manhãs por 4 dias em sequência.

O cheiro a humidade, os vários tons de verdes, minas, riachos e animais flora e fauna.

Sua atenção irá para vários detalhes nos primeiros dias..

No quinto dia sua percepção estará mais ajustada e irá focar nas diferenças.

As mudanças de memória, ou seja, o que está diferente do que está em minha memória será nosso processo natural de percepção.

Ver mais sobre:

Plasticidade Cerebral;

Memória e Aprendizado;

Atenção Seletiva;

Predição e Inferência Top-Down;

Inter-relação entre Função Executiva, Memória de Trabalho e Percepção;

Processamento e Análise de Informações Novas;

Ajuste da Atenção;

Predição e Expectativa;

Tomada de Decisão e Resolução de Problemas;

Nossa percepção é um processo ativo e construtivo, que vai além da mera recepção passiva de estímulos sensoriais. A percepção é influenciada por nossas capacidades de manter informações relevantes na mente, manipular essas informações e aplicá-las em tempo real para entender e responder ao ambiente.

A mudança na memória de trabalho ao longo do tempo, conforme nos expomos repetidamente a um ambiente como a Mata Atlântica, significa que nossa percepção também muda. Começamos a perceber detalhes e padrões que anteriormente não notávamos, destacando como a cognição superior, especialmente a função executiva e a memória de trabalho, é fundamental para a experiência perceptiva.

Em simplificação máxima: Percepção é mudança de memórias.

A democracia continua na prática um votar nos bacanas.

Sem dinheiro ninguém se elegeu até hoje.

O Estado continua essa coisa que cobra impostos, pune e prende.

Liberdade existe apenas para quem possui dinheiro.

Junto com a Defensoria Pública temos um caminho para melhorar as práticas e a ajustar o próprio conceito de estado que está longe de ser o bem de todos em favorecimento de cada um.

A Defensoria Pública, juntamente com outras instituições e políticas voltadas para a inclusão social e a justiça econômica, pode desempenhar um papel crucial na reforma do Estado e na promoção de uma sociedade mais justa e igualitária.

O compromisso com a mudança são passos importantes na direção de um Estado que verdadeiramente serve e representa todos os seus cidadãos, trabalhando para o bem comum.

O Bem Estar Welfare entrou recentemente em nosso conceito ocidental de estado.

Somente é possível bem estar com pertencimento. Sem o pertencimento o indivíduo estará sempre vulnerável aos diferentes grupos ou algoritmos de games e redes sociais oferecendo pertencimento provisório que leva o indivíduo aos extremos.

Junto com a Defensoria Pública podemos ampliar espaços com o bem estar para ir caminhando para um estado de bem e todos em favorecimento de cada um.

Um modelo de Estado que não apenas ofereça segurança e suporte material, mas também promova um sentido de pertencimento e comunidade, essenciais para o bem-estar de todos. 

A percepção pode ser vista como um processo de ajuste ou mudanças dinâmicas de memórias durante a exploração da vida.

A memória de trabalho, que armazena e manipula informações no intervalo de tempo que está sendo recrutada pela atenção e emoções (variações do conectoma cerebral).

Nossos sentidos em fluxo contínuo de entrada de dados vai compondo esse mundo de consciência e mudança de memória mesmo que de forma inconsciente.

Aqui entra uma percepção análoga a um fluxo de mudanças de memórias.

 

Percepção como Fluxo de Mudanças de Memórias

A ideia de que a percepção é análoga a um fluxo de mudanças de memórias destaca a natureza dinâmica e construtiva da experiência consciente. Cada novo momento de percepção é filtrado através do prisma das experiências passadas, memórias e o estado emocional atual, resultando em uma interpretação contínua e atualizada do mundo ao redor.

Este modelo sublinha a importância da plasticidade cerebral e da capacidade do cérebro de se adaptar e reorganizar em resposta a novas informações. Assim, a percepção é mais do que apenas a recepção passiva de estímulos; é um processo ativo de construção de realidade que envolve a integração contínua de novas informações com memórias existentes, ajustadas e remodeladas pelo cérebro em resposta ao ambiente e às emoções.

A cultura inseriu e continua inserindo MEGA dados de conceitos e mudanças de memórias em nosso cérebro a cada instante.

Nossa percepção será muito mais eficiente se deixarmos de nos expor a mentiras, fake news e teorias repletas de ódio.

Construção da Realidade: As informações que absorvemos contribuem para a construção de nossa realidade percebida. Memórias baseadas em informações falsas ou tendenciosas podem levar a percepções distorcidas, que, por sua vez, podem influenciar negativamente nossas atitudes e ações.

Quando sua memória mudar sua percepção de mundo também mudará.

Ao enriquecer nossa mente com informações precisas, construtivas e enriquecedoras, podemos melhorar nossa compreensão do mundo e contribuir para uma sociedade mais informada, empática e coesa.



Somente Almas Livres Criam Espiritos

Somente Almas Livres Criam Espiritos

A Alma seguidora é uma alma com senso crítico sequestrado em favor das ideias ou espíritos que segue.
Com a Alma livre você aprimora e santifica os espíritos dos que já se foram.
Enquanto o espírito está junto com seu criador ele deve ser questionado para ser melhorado junto a sua fonte, poderá se defender e argumentar. Mas quando a alma criadora morre, liberta seu espírito para que cada um de nós santifique e use essas ideias de maneira pessoal.
O Espírito de quem morreu pertence a todos que conseguem lê-lo ou lembrá-lo.

 
Pertencimento e Consciencia em Primeira Pessoa

Pertencimento e Consciencia em Primeira Pessoa

"Homo economicus" é o humano virando mercadoria, a uns 500 - 600 anos atrás o dinheiro também virou mercadoria. Criando a possibilidade de dinheiro criar dinheiro (juros e juros sobre juros).
Por 4.000 a 5.000 anos, o dinheiro era um serviço para uso humano (para trocas de bens e serviços), mas virou mercadoria e o consumismo foi alavancado próximo às emergências climáticas que sentimos hoje.
Domesticação europeia: A missão de difundir o cristianismo e a civilização ocidental servia para racionalizar a dominação e exploração de outras nações e povos. Esta bestialidade recebeu uma ferida mortal no Brasil com a promulgação da Constituição brasileira de Estado Laico no Brasil em 1891.

 
Autoconsciencia do Extremism com SIM e Nao

Autoconsciencia do Extremism com SIM e Nao

Ideia original de Estado Responsável, Liberdade e Democracia:
Estado responsável é o estado de pertencimento - O Ser diluído no corpo território.
Estado: Bem de todos em benefício de cada um;
Liberdade de Vir, Ficar, Ir, Ser e Desobedecer;
Democracia é vontade da maioria contemplando necessidades e valores de cada um;
Os conceitos atuais de estado responsável, liberdade e democracia ainda nos remetem em defender os mais ricos. 
Nossa defensoria pública junto com movimentos sociais está tentado melhorar essa realidade.
Em breve teremos um Estado responsável onde cada um terá seu rendimento estatal pois cada cidadào é proprietário do estado. 
E ao espaço, onde o Estado se percebe estar inserido, pertence o Estado.

* This is a social networking platform where blogs are made by customers and researchers.
* The content published here is the exclusive responsibility of the authors.


Autor: Jackson Cionek